quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Clã Ani-Mal Capítulos #24 e #25

E a aventura continua. Nesses capítulos Harakiri descobre algo que o deixa perplexo. Acompanhe Harakiri e Bakão em mais dois capítulos de Clã Ani-Mal pra você curtir.



Link >>> Capítulo #24
Link >>> Capítulo #25
Link>>> Capítulos anteriores <<< Entenda a historia.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

DC Anuncia: "52 Revistas de sua reformulação esgotaram as tiragens"


The New 52

A DC Comics anunciou oficialmente que todas as 52 revistas da reformulação que começou este mês estão esgotadas e ganharão novas tiragens. Dentre os títulos, 11 passaram da marca de 100 mil cópias:Action Comics, Aquaman, Batgirl, Batman, Batman and Robin, Batman: The Dark Knight, Detective Comics,The Flash, Green Lantern, Justice League e Superman.

Mais: as séries Action Comics, Batman e Justice League excederam 200 mil cópias cada, até o momento.

Action Comics e Batgirl já estão na terceira tiragem, enquanto Justice League está voltando às gráficas pela quarta vez.

"Nós, da DC Entertainment, agradecemos aos nossos criadores, leitores e parceiros lojistas. Lembramos que estamos apenas começando", disse o vice-presidente executivo de vendas John Rood, em comunicado oficial da editora. "É empolgante fazer história, mas não vamos perder tempo parabenizando uns aos outros. Estamos trabalhando para alavancar o recente sucesso a longo prazo."

Empolgados, os editores Dan Didio e Jim Lee classificaram o sucesso da reformulação como "sem precedentes", causando um "esmagador entusiasmo dos fãs". Eles também lembraram a massiva campanha de marketing e dezenas de eventos promovidos pelas lojas especializadas na ocasião dos lançamentos. "Esse é um momento divisor de águas na indústria dos quadrinhos. É o evento mais significativo dos últimos 25 anos da longa e lendária história da editora", afirmaram.

O blog Speakeasy, do jornal The Wall Street Journal, especializado em economia e negócios, classificou a reformulação como "um sucesso inegável, atiçando a curiosidade dos leitores", mesmo tendo causado reações negativas por parte dos fãs na época em que foi anunciada. Lembra ainda que a expectativa agora é para ver quantos leitores voltarão para adquirir a segunda edição, após terem comprado o primeiro número.

Liga da Justiça

Fonte>>> Universo HQ

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Morre Sergio Bonelli

Os quadrinhos italianos perdem um mestre.
-------------------------------------------------

Sergio Bonelli

O editor e roteirista Sergio Bonelli, um dos maiores nomes dosfumetti - os quadrinhos italianos -, faleceu ontem, 26 de setembro, em Milão, na Itália, aos 78 anos.

Bonelli estava internado no hospital San Gerardo, em Monza. O editor havia adoecido em agosto, mas depois de alguns dias se recuperou. Sua morte pegou de surpresa amigos e colaboradores.

Nascido em Milão, em 2 de dezembro de 1932, Sergio era filho de Tea e Gian Luigi Bonelli, o criador de Tex. Sua carreira nos quadrinhos começou em 1955, trabalhando na Redazione Audace, a editora dirigida por sua mãe, que, em 1946, assumiu o posto que antes era ocupado pelo ex-marido. Bonelli fazia todo tipo de trabalho, distribuía revistas, respondia cartas de leitores etc.

Nessa época, usando o pseudônimo feminino Annalisa Macchi, escreveu os recordatórios de Ciuffetto Rosso, uma história ilustrada por Roy D'Amy e publicada no sexto número da segunda série Collana Capolavori.

A Redazione Audace trocou de nome três vezes, passando a se chamar Edizione Audace, Audace eAraldo.

Mister No

Em 1957, após concluir os estudos, Sergio assumiu a direção da empresa, agora sob o nome deEdizioni Araldo, e fez sua estreia como escritor para valer, usando o pseudônimo Guido Nolitta.

No ano seguinte - ainda como Guido Nolitta -, criouUn Ragazzo nel Far West, história ilustrada por Franco Bignotti. Em 1959, colaborou com o desenhista Sergio Tarquinio e deu vida a Il giudice Bean, HQ que só foi publicada em 1963, na coleçãoGli Albi Del Cow Boy. Nessa época, também escreveu alguns roteiros para o título Piccolo Ranger.

Antes de se chamar Sergio Bonelli Editore, a editora ainda trocaria diversas vezes de nome, chamando-se: Daim Press, CEPIM, Altamira eEditore L'Isola Trovata.

O ano de 1960 trouxe um marco importante na carreira de Bonelli, quando, junto com o desenhista Gallieno Ferri, criou Zagor, cuja primeira história só foi publicada em 15 de junho de 1961. Sergio escreveu os roteiros do personagem até 1980.

Zagor

Bonelli criou um de seus personagens favoritos, Mister No, em 1975. As primeiras histórias se passam em Manaus, no Brasil, na década de 1950 - inspiradas pelas aventuras que o autor vivera em nosso país. A arte das primeiras edições é de Ferri e Donatelli.

Sua primeira história para Tex, Caccia all'uomo(Caçada Humana), foi publicada em 1976, com arte de Fernando Fusco.

A coleção Un uomo un'avventura foi outro marco, editada por Bonelli e Decio Canzio. A série teve 30 números, publicados entre 1976 e 1980. Nela foram lançados clássicos dos quadrinhos ilustrados por Dino Battaglia, Sergio Toppi, Hugo Pratt, Aurelio Galleppini, Guido Crepax, Attilio Micheluzzi, Milo Manara, Ivo Milazzo e outros.

O roteiro de L'uomo del Texas, publicado em setembro de 1977, é de Bonelli - ainda sob o pseudônimo de Guido Nolitta - e os desenhos são de Galleppini.

Tex

Dez anos mais tarde, em 1986, Bonelli iniciou a publicação de Dylan Dog, o detetive do sobrenatural criado por Tiziano Sclavi. O anti-herói se tornou um sucesso tão grande, que chegou a superar, durante um bom tempo, as vendas deTex.

Sob a batuta de Sergio Bonelli foram publicadas séries comoStoria del West, Il Protagonisti, o elogiadíssimo Ken Parker (de Giancarlo Berardi e Ivo Milazzo), Martin Mystère, Nick Raider,Nathan Never, Akim, Zona X, Legs Weaver, Mágico Vento eJulia.

Em janeiro de 2007, Bonelli passou o cargo de diretor geral da Sergio Bonelli Editore para Decio Canzio.

A morte de Sergio Bonelli é uma grande perda para os quadrinhos italianos. O destino da editora será decidido nas próximas semanas.

Personagens

Fonte>>> Universo HQ

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Resenha: Série "Mangá nacional" N#2


Revista CDM
--------------------------

Foi lançada a uns dias, a revista CDM ( Clube de Desenhistas de Mangá); Uma coletânea de historias produzidas por membros de uma comunidade de mesmo nome do Orkut.

Essa revista reuni 18 trabalhos com uma média de 4 páginas cada.
Muito se falou e esperou desse lançamento. Agora, depois de ler, pude ver como esperei de mais desse projeto.

Tendo em vista que é um projeto vindo de uma comunidade com tantos "profissionais", pelo menos é como muitos lá gostam de se denominar, eu realmente achei que veria algo com uma qualidade artística superior.

Logo depois de postada em comunidades e sites de quadrinhos on line, a revista começou a dividir opiniões. De um lado, os que afirmam que o projeto chega a ser tão bom, ou até melhor, que a tão falada AÇÃO MAGAZINE. Do outro, os que afirmam que precisa sim, e MUITO de uma melhora e de critérios na escolha das historias publicadas.

Erros de ortografia, de colocação de textos em balões, arte fraca e confusa, falta de técnica, de criatividade e até de respeito por parte de alguns projetos que na minha opinião foram feitos com a intenção de ridicularizar a coisa toda, foram alguns dos pontos que mais me chamaram a atenção.

A idealização do projeto em si merece crédito, afinal, não deixa de ser uma ideia interessante. O que ficou claro pra mim, depois de anos vendo debates sobre tópicos como " eu sou melhor que esse cara ai... Faço melhor que isso... Essa obra tem falta disso... Tem que melhorar aquilo...", é que fica fácil pra qualquer um chegar a seguinte conclusão: é uma comunidade que em sua MAIORIA( não generalizando), muito fala, e pouco oferece.

Outro detalhe( que não me é surpresa) foi a omissão dos "peixes grandes" da comunidade para com o projeto. Aqueles que tanto falam, dão "aulas on line de técnicas de desenho e quadrinização",que dedicam muito de seu tempo a produção e postagem de ilustralções esporádicas, envolvimento em discussões intermináveis e coisas do tipo. Ao que me parece, esse ato de se omitir para com a ideia da revista se deve a um pequeno medo de acabar se revelando "não tão bom assim" aos olhos de seus fãs, mas isso é outra historia.

Muitos pontos negativos. Poucos pontos positivos obtidos apenas graças a três únicas historias (PEY PEY, Camaleão e Aprendiz de Alquimista) que conseguiram usar do pouco espaço dado para mostrar sua ideia ao leitor de maneira clara e interessante.
No geral, trata-se de um projeto fraco, mas com certo potencial para melhora tanto na parte editorial, quanto artistica.

Mais uma vez reafirmo que a idealização desse projeto merece um credito, por tanto, espero que mais edições venham por ai, pois os quadrinhos nacionais precisam de movimentos assim... e que a qualidade aumente.

Para ler a revista clique AQUI

clã Ani-Mal capítulos #22 e #23

Mais uma segunda e mais dois capítulos do Clã Ani-Mal para você curtir. Nesses capítulos, Harakiri começa uma terrível batalha contra seu inimigo antigo. Sairá ele vitorioso? Confira!




Link>>> Capítulo #22
Link>>> Capítulo #23
Link>>> Capítulos anteriores

sábado, 24 de setembro de 2011

Shaman King Ganha One Shot.


Virou mania entre as antologias japonesas de mangás a publicação de one-shots (histórias fechadas e geralmente curtas) de grandes sucessos do passado com o único intuito de chamar a atenção do público e alavancar as vendas de tais revistas.

O mais novo revival se dará na Jump X, que tratá na edição a ser lançada em 10 de novembro, uma história inédita de Shaman King com 44 páginas – algumas coloridas – e pôster. O mangá focará o passado de Yo Asakura, personagem principal da obra.

Ainda segundo a revista, este será apenas o pontapé inicial para um “grande projeto” que está por vir. Se envolve a série (Movie? OVA? Remake?), só saberemos mais adiante.

No Brasil Shaman King, do mangaká Hiroyuki Takei, foi publicado pela JBC quando a animação estava no ar via Fox Kids/Jetix, mas o verdadeiro final só está disponível na “Edição Definitiva” japonesa lançada algum tempo após a conclusão do mangá na Shonen Jump.

FONTE>> J Box


sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Espaço do poeta dos quadrinhos. #1


Eu não sei se sou eu o desenformado. Então, em vista dessa duvida, eu lhe pergunto, você alguma vez viu por ai alguém falar de quadrinhos de maneira poética; simplesmente fazer poesia com quadrinhos? Creio que deve haver por ai pessoas que façam isso, mas que de fato, EU nunca vi.


Então, por essa ausência sentida por esse que voz fala, inauguro agora um espaço para nosso amigo, Poeta dos quadrinhos se expressar.

sem mais delongas, vamos ao seu texto.


-- O QUE QUERO ---


Eu quero escrever
Quero descrever
Quero ser.

Quero mais de um
Maurício de Souza nesse país.

Quero a capa mole de volta.
Quero as bancas lotadas
como naquelas manhãs
em que da Marvel, um número
a mais se buscava.

Quero o retorno das letras em balão
e cores ao papel jornal.

Quero ser roteirista,
Artista, Egoísta, Narcisista impresso.

Quero de minha alegrias
fazer grandes tiragens,
e que minhas asas
nunca precisem migrar
para fora.

Quero viver quadro a quadro
assim como Eisner.

Quero simplesmente produzir,
imprimir, expandir... existir.

Quero fazer e viver quadrinhos!

E que seja tudo... no Brasil.


Por: Poeta dos quadrinhos

Geoff Jhons fala sobre a revista Liga da Justiça.


Saiba detalhes e o que esperar do primeiro Titulo do "restart" da DC, lançado.
-----------------------------------------------------

Aviso aos leitores, esse artigo contem informações divulgadas na mídia norte-americana, por tanto, inédita para muitos no Brasil, podendo conter spoilers que podem prejudicar o prazer da leitura futura.

Liga da justiça ( Roteiro de Geoff Jhons e arte de Jim Lee) foi o primeiro título lançando na reformulação da DC Comics, e em pouco tempo foram anunciadas quatro novas tiragem para abastecer lojas e a procura.

Acredita-se que o título chegue para ser o ponto de ligação entre os outros universos da DC ( que não são poucos). O primeiro arco da historia se passa há cinco anos, e dará a fundação desse nosso universo.

O Autor Falou um pouco sobre o que esperar dessa obra, e os rumos que a mesma pode tomar.

"esperem o inesperado. Há alguns relacionamentos na segunda edição que podem ser familiares ao leitor, outros serão completamente diferentes do que se está acostumado a ver. Estamos levando os personagem e suas personalidades por novos caminhos. A primeira historia mostra como essa "nova" equipe interage".

Está prevista a chegada de novos heróis, alem da equipe com os setes principais personagens: Superman, Mulher maravilha, Batman, Lanterna Verde, Flash, Aquaman e Cyborg.

O Autor também fala sobre detalhes futuros como: O motivo da liga ser formada e o motivo pelo qual eles permanecem juntos, aparecimento de novos vilões, o motivo pelo qual O Arqueiro verde odeia tanto o Aquaman, os problemas que existem na equipe por causa do Batman, porque da Mulher maravilha ser a melhor lutadora do grupo e o distanciamento do Superman para com os outros membros da liga.

Geoff Explica também que irá explorar bastante os personagens, pois isso é o mais importante na revista.

Os trechos acima fazem parte de uma entrevista dada por Geoff para o site IGN

Liga da Justiça #2 será lançado no 19 de outubro. Na Terceira edição será apresentada a mulher maravilha, na quarta, o Aquaman.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Inova-X quer você!



Você é esperto, bem informado sobre quadrinhos em todos os seus aspéctos, criativo?

então venha se juntar a equipe de nosso blog. Tenha seu espaço para divulgar suas ideias e opiniões em um dos blogs que mais crescem em seu segmento no nordeste. Se se interessar é só mandar um email para B-boy_sliim@hotmail.com

Ou na opção FALE CONOSCO em nosso blog.


esperamos por você!

Tira de quinta

Mais dois capítulos de Clã Ani-Mal para você curtir. Nesses capítulos, Harakiri resolve ir atrás da tão sonhada vingança contra um inimigo antigo. Confira



Link >>>Capítulo 20
Link >>> Capítulo 21
Link >>> Capítulos anteriores

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

4° Mundo sorteia quadrinhos pra você


Coletivo sorteia dezenas de seus títulos para você
Para comemorar os quatro anos de atividade o Coletivo Quarto Mundo criou a promoção “Quarto Mundo Pra Todo Mundo”, que está sorteando desde o dia 12 de Setembro, dezenas de quadrinhos para todos que “curtirem” sua página no Facebook.

Para participar acesse e curta a página do Quarto Mundo no Facebook e responda à pergunta da semana. As respostas mais divertidas e originais levam os títulos autografados de graça.

Entre os títulos sorteados estão Sideralman, de Will, Nanquim Descartável, de Daniel Esteves, Pieces, de Mario Cau, Patre Primordium de Ana Recalde, A3 Quadrinhos, Escorpião de Prata de Eloyr Pacheco, Salomão Ventura, de Giorgio Galli, e muitos outros! São 240 revistas no total.

O Coletivo Quarto Mundo surgiu em 2007 a partir de conversas dos autores na internet sobre os meandros da publicação de quadrinhos independentes no Brasil. O Coletivo foi a forma encontrada por eles para se ajudarem mutuamente na divulgação, distribuição e impressão de suas revistas.

Mas hoje é mais do que isso. Participa de eventos, debates, mostras e oficinas sobre HQs em todo o Brasil. Participou também de festivais internacionais, como o Angoulême em 2010, o FIBDA, na Argélia. Em novembro o coletivo estará presente no 7º FIQ, em Belo Horizonte.

O Quarto Mundo conquistou diversos prêmios desde sua fundação, como o Ângelo Agostini, o Bigorna, o DB Artes e o HQMIX.

Fonte>>> Impulso HQ

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Genki Dama do Amor (sucesso do verão)

Eu sei que não tem haver com quadrinhos, mas eu tinha que postar isso aqui! Essa garoa é o tipo de pessoa que eu queria nessa equipe (ahaha). Ao menos, criativa ela é. E se DBZ seguisse a linha dessa canção, talvez muito mais garotas fossem fãs da série.



segunda-feira, 19 de setembro de 2011

À meia noite... buscarei tua alma...



O que o ócio noturno não faz...

Novo mangá dos autores de Eureka Seven e Deth man vem por ai.


Kami-Sama Permanent é o nome do novo trabalho de Jinsei Kataoka e Kazuma Kondou. A historia é no gênero Seinen ( voltado ao publico masculino mais velho) e sairá em outubro no primeiro volume da revista Altima Ace.

Essa Revista é a novidade da Kadokawa que contará também com obras como Baka ga Zenra de Yattekuru” de Hiroto Ida, “Busta!” de Eiri Iwamoto, “Mahou Shounen no Sodatekata” de Yuu Mori, “Fate/Zero Black” de Mendori, “Kangaero” de Mayu Taumi, dentre outros.

No Brasil ,o lançamento de Deadman Wonderland e Eureka Seven ficou a cardo da Panini. Ou seja, não seria surpreendente ver esta nova série chegar por aqui pela Panini de novo.

Novo volume de fabulas pela Panini.



As fábulas desferiram um duro golpe contra o Adversário ao destruírem seus bens mais preciosos exatamente no coração do Império, mas também podem ter preparado o caminho para uma sangrenta guerra entre mundos.

Enquanto o governante das Terras Natais se recupera das feridas e reúne suas forças, os moradores da Cidade das Fábulas têm uma rara chance de desfrutar a breve paz que a vitória lhes trouxe.

Mas todos sabem que essa é apenas a calmaria que precede a tempestade - e é hora de se cobrar juramentos de lealdade daqueles que ainda estão em cima do muro. Antes que seja tarde.

Com roteiro de Bill Willingham e arte de Mark Buckingham, Steve Leialoha, Michael Allred, Andrew Pepoy e diversos outros artistas, Fábulas - Volume 9 - Filhos do Império(formato americano, 204 páginas, R$ 24,90) reúne as edições #52 a #59 da série original.

O título está programado para este mês de setembro e é um lançamento da Panini Comics.

Fonte>> Universo HQ

segunda é dia de....

Clã animal!!!!

Mais dois capítulos na continuação do volume dois. Leia agora mais essas viagens dos personagens mais queridos do recife.
nesses capítulos Harakiri está feliz de poder voltar à rádio, mas por quanto tempo essa felicidade vai durar?



Link >>>Capítulo #18
Link>>> Capítulo #19
Link >>> Capítulos anteriores

sábado, 17 de setembro de 2011

o samurai deCuritiba


Documentário fala sobre a vida Claudio Seto
-------------------------------------------------------

Você conhece Claudio Seto? não? Então é interessante pra você, fã do estilo japonês de quadrinhos, o mangá, saber que Claudio Sato foi um dos pioneiros do estilo mangá no Brasil. A revista O samurai, produzida por ele pela Edrel nos anos 60 é uma pérola na historia da criação de mangá em território nacional.

Seto dedicou a sua vida a gêneros como terror, samurai, policial e erótica. Seus enredos eram inovadores para época. Criador de personagens como Maria érotica, podia sim ser considerado um artista afrente de seu tempo.

Será lançado no próximo dia 20 de setembro na capital do Parana, o documentário O samurai de Curitiba, que mostra a produção de HQs de Seto( 1944-2008). O filme é dirigido por José Padilha de Rober Machado ( que também assina o roteiro) e tem 20 minutos de duração. O Filme mostra também outras qualidade artísticas de Seto que também atuou nas áreas das artes plasticas, literatura e fotografia.

O evento de lançamento de O Samurai de Curitiba - incluindo a venda de cópias do DVD, contendo extras - acontecerá no Hara Palace Hotel (Av. Iguaçu, 931-A - Rebouças - Curitiba), às 19h30min, ocasião em que também será lançada a segunda edição de AYUMI - Caminhos percorridos, livro escrito por Claudio Seto e Maria Helena Uyeda, sobre a imigração japonesa em Curitiba e no litoral paranaense.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Clamp No teatro?


O grupo de mangakás CLAMP anunciou seu envolvimento na produção de uma peça de teatro, que terá o cantor Gackt como ator principal. A peça se chamará “Moon Saga – Yoshitsune Hiden” (algo como Saga da Lua – O Segredo de Yoshitsune) e será apresentada nas cidades japonesas de Tóquio, Nagoya, Fukuoka e Osaka entre 15 de julho e 26 de agosto do próximo ano, sendo apenas uma apresentação por cidade.

Na história, Gackt interpretará o papel de Minamoto no Yoshitsune, um general de grande importância nas Guerras Genpei, batalha esta que foi a inspiração do clássico Contos de Heike (Heike Monogatari). As Guerras Genpei foram uma série de conflitos civis, que ocorreram no Japão entre 1180 e 1185, entre dois grandes clãs, o Taira e o Minamoto. No final do embate o clã Minamoto vence e cria o primeiro shogunato japonês.

A versão do CLAMP vai seguir o auge da guerra pelo ponto de vista do general, entretanto será adicionado poderes sobrenaturais aos personagens (tinha que ser CLAMP).

Para quem não conhece, Gackt é um compositor, ator e cantor japonês muito famoso no universp do J-Pop e J-Rock. Desde 1999 essa criatura lançou um milhão de CDs (sem brincadeira, a discografia é extensa), que foram inclusive bem recebidos nos EUA. Embora no ocidente ele seja conhecido pela sua música, seu “currículo” como ator é de surpreender, pois já atuou em japonês, inglês, francês, coreano, mandarim e cantonês (tenha medo!). Atualmente, é membro do supergrupo S.K.I.N, composto por ele, Sugizo, Yoshiki e Miyavi (pegaram os japas cantores/tocadores mais gostosos e tacaram numa banda só…).

Voltando para o teatro (hein, que teatro?), antes das apresentações foi prometido uma versão em mangá (pelo CLAMP, claro) que será serializado pela Kodansha. Também estão estudando a possibilidade de anime, game, filme, dentre outros.

Lembrando que por aqui temos várias obras do CLAMP lançadas e licenciadas: Angelic Layer, Chobits, Code Geass (as várias versões, apesar das mesmas serem responsáveis apenas pelo character design), As Guerreiras Mágicas de Rayearth, Miyuki-chan no País das Maravilhas, Sakura Cardcaptors (que foi prometido um relançamento), Tokyo Babylon, Tsubasa RESERVoir CHRoNiCLE, xxxHOLiC e X/1999 pela JBC (esqueci algum?); e Gate7 pela NewPOP, apesar da empresa não ter se pronunciado oficialmente.

No mais, uma pequena curiosidade recentemente divulgada: ao redor do mundo o CLAMP vendeu mais de 118 milhões de mangás (desses 92 no Japão e 26 no resto do mundo). As tias estão podendo, hein?

Fonte>>> Jbox

Um sábado qualquer ganha edição pela Devir


O "criador" agora em páginas impressas.
-------------------------------------------

Poucas pessoas no Brasil não conhecem as tiras de Carlos Ruas, autor( que já fez teatro e até trabalhou como palhaço) de Um sábado Qualquer. Em suas tiras ele mostra seu talento para fazer humor com temas religiosos, enquanto mostra de uma maneira cômica, a sua visão para a criação do mundo, acontecimentos bíblicos, o Diabo e até o próprio Deus.

Depois do grande sucesso das tiras na internet, o trabalho ganha agora uma versão impressa pela editora Devir. Um sábado qualquer , novo album nacional da Devir tem 128 páginas, Formato quadrado (20,5 X 20,5) e custará 35,00 R$,

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Tirinha de Quinta

Mais capítulos das doideras de harakiri e bakão. os seus Djs de Web rádio.
Link >>>Capítulo #16
Link >>>
Capítulo #17
Link >>> Capítulos anteriores.

PS: Gostaríamos de informar que o visualizador de slides está apresentando um pequeno defeito, mas estamos trabalhando pra concertar, e que mesmo assim as tiras podem ser lidas sem problemas. ^^

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Final Fantasy Tipe-0 Ganha versão mangá


Mais uma do mundo da Square!
---------------------------------

O popular jogo Final Fantasy ganhará mais uma versão em mangá. A adaptação do game de mesmo nome sairá na shounen gangan. A obra fica a cardo de Takatoshi shiozawa, um artista iniciante, mas de traço muito interessante.

O game que iria se chamar Final Fantasy Agito XIII, por sua vez, chegará às lojas em outubro desse ano, sendo exclusivo para o portátil PSP.

A história gira em torno de estudantes de magia do colégio Akademia, que após um ataque na cidade em que habitam, se vêem obrigados a abandonar as aulas e lutar pela liberdade.

O mangá deve seguir mais ou menos a história do jogo, mas com pequenas alterações no rumo trama. Em todo caso, o título tem como objetivo óbvio a propaganda do novo game, ou seja, não espere mais do que isso.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Clã Animal: Volume 2 lançado!



É com muito orgulho que trazemos pra vocês o segundo volume desse "mais um besteirol japonizado" que é o Clã Ani-mal (pois é, não acabou no primeiro O.o). Agora você pode continuar acompanhando a continuação dos acontecimentos do primeiro volume, ou começar a ler do inicio.

Sem mais delongas, Clã Ani-Mal Vol. 2!

(clique na imagem para visualizar)













O esquema vocês já conhecem. Capítulos novos todas semanas, sempre às segundas e quintas. E para ler tudo na integra, é só clicar o banner "bonitinho" do Clã Ani-Mal na parte de cima do blog.

sábado, 10 de setembro de 2011

11 de Setembro: Homenagem dos artistas do Traço.



Como todos sabem, amanhã completam dez anos da tragédia dos atentatos as torres gêmeas nos EUA. Incorporando o espirito de homenagens que domina todo o mundo, o cartunista e jornalista brasileiro José Alberto Lovreto, o Jal, resolveu organizar uma Flash Expo sobre o tema.

Passou então a reunir e convocar vários outros artistas do traço nacional por mídias sociais como Face Book e Twitter. Logo começou a receber os trabalhos.

Você pode conferir a curadoria da Flash Expo com todos os trabalhos expostos no Blog do Universo HQ clicando AQUI




sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Percy Jackson: lançamento em quadrinhos no Brasil.


Somente no Brasil, os cinco volumes da série de livros Percy Jackson e os olimpianos, do norte-americano Rick Riordan, venderam mais de 1,3 milhão de exemplares. Aproveitando esse sucesso, a Intrínseca, que publica a obra por aqui, está lançando também a versão do heroico jovem em quadrinhos.

O ladrão de raios (formato 16 x 23 cm, 128 páginas coloridas, R$ 24,90) é a primeira graphic novel do garoto problemático que, aos 12 anos, após ser expulso de várias escolas, descobre que o pai, que nunca conheceu, é Poseidon, o deus do mar. E quando seus poderes começam a se manifestar, sua vida vira do avesso.

O responsável pela adaptação do texto de Rick Riordan para os quadrinhos é Robert Venditti, a arte é de Attila Futaki e as cores, de José Villarubia.

Aproveitando o lançamento, na 15ª Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, a editora realizará, no dia 10 de setembro, às 16 horas, em seu estande, dois eventos para os fãs da série: um curso de mitologia greco-romana para semideuses (serão apenas 100 senhas, distribuídas a partir das 10 horas) e um concurso de cosplay.

Nos livros de Riordan, os deuses do Olimpo continuam vivos, ainda se apaixonam por mortais e geram filhos metade deuses, metade humanos, como os heróis da Grécia Antiga. Marcados pelo destino, eles dificilmente passam da adolescência. Percy Jackson é um dos poucos que consegue descobrir sua identidade.

Esta não é a primeira vez que as aventuras de Percy Jackson saem dos livros para outra mídia. Em 2010, esta mesma aventura, O ladrão de raios, foi adaptada para o cinema, com direção de Chris Columbus e Logan Lerman interpretando o protagonista.




FONTE>>> Universo HQ

Zarabatana BOOKS lança Necronauta


<Agora é artigo de livraria>

A editora Zarabatana lança o álbum do Necronauta. Publicado de maneira independente desde 2007, ganhou seu primeiro álbum pela HQM Editora, onde reuniu os seis primeiros números da série.

Agora, sob o selo da Zarabatana Books, o novo álbum, Necronauta- o almanaque dos mortos (16,4 x 24 cm, 112 páginas, 36,00 $) trás seis historias inéditas, além de uma galeria de desenhos do personagem na visão de dez artistas brasileiros.

Necronauta é o vigilante sobrenatural criado por Danilo Beyruth (Bando de Dois). Ele tem a missão de ajudar almas atormentadas, que em sua maioria tem coisas assuntos pendentes em nosso mundo, e por isso são impedidas de descansar em paz, ficando presas no plano intermediário. Ele faz usos de aparatos como seu Necro-disco, seu Necro-cinto de utilidades e sua necro-moto. Em resumo, ele é : o salva-vidas dos mortos.

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Tsubasa dá adeus às bancas Brasileiras


Até que em fim!

Depois de 5 (isso mesmo, 5!) anos de publicação, no hoje odiado formato "meio tanko", a publicação Nacional de Tsubasa, obra do grupo feminino de mangakas japonesas, Clamp, chega ao fim essa semana, quando sai o volume 56, último da serie. O ultimo numero chega primeiro em são paulo (que novidade) e depois em pontos de distribuição pelo resto do país ( que podem ser contados nos dedos, praticamente)

Será um representante do "meio tanko" a menos. Isso para muito Otakus é algo a se comemorar, visto que essa forma de publicação, que divide um volume original em dois e que mesmo assim não influencia na diminuição do preço final do produto, é muito desvantajosa para o leitor. Esse tipo de publicação está quase em desuso devido a pressão do grande publico que prefere ler seus mangás preferidos em formatos mais próximos do original publicado no Japão.

Agora que Tsubasa vai acabar, só restará aos fãs da Clamp ( que gostam de gastar muito) acompanhar os dois últimos numeros de xxxHolic ( o que equivale ao ultimo volume no original), também publicado no Brasil pela JBC.

Violência e sexo na Grandes Heróis Marvel.


A minissérie protagonizada por Wolverine e Dominó intitulada X-Force: Sex and Violence chega às bancas e livrarias especializadas em outubro na revista Grandes Heróis Marvel #4 da Panini Comics.

Nesta história, Dominó e o mutante mais famoso dos quadrinhos se envolvem com o Tentáculo e com a Liga dos Assassinos em meio a muita pancadaria, sangue, lâminas, garras, tiros e todo o mais que concerne à violência no mais alto estilo, além de um envolvimento físico entre os dois protagonistas da série.

Escrita por Craig Kyle e Christopher Yost (autores de Necrosha) e desenhada por Gabrielle Dell’Otto (Guerra Secreta), a mini possui três partes, duas delas a serem lançadas no Grandes Heróis Marvel #4 de outubro e a última parte no GHM #5 em novembro, com segunda história do mix da revista ainda a definir.

Wolverine é um mutante canadense criado por Len Wein, John Romita Sr. e Herb Trimpe em 1974. Dotado de fator de cura, que permite que regenere ferimentos, e de três garras retráteis em cada mão, Wolverine foi aprisionado por cientistas canadenses que trabalhavam no Projeto Arma X. O mutante foi submetido a um experimento que recobriu todo seu esqueleto e suas garras com adamantium, um metal praticamente indestrutível. Posteriormente, Wolverine consegue escapar e acaba por se unir à equipe dos X-Men, de onde praticamente nunca mais saiu. Seu nome real é James Howlett, mas devido a anos de amnésia e implantes de memória, viveu por muito tempo usando o nome Logan, o qual prefere até hoje.

Dominó é uma personagem da Marvel Comics, criada por Fabian Nicieza e Rob Liefeld em 1992. Conhecida principalmente por sua atuação na X-Force ela atua ora como heroína, ora como mercenária. Seu verdadeiro nome é Neena Thurman e tem a habilidade alterar as probabilidades a seu favor, mesmo que inconscientemente.

A Panini Comics é uma editora italiana com filial no Brasil. Tem contrato internacional de exclusividade com a Marvel Comics, podendo publicar seus títulos em todos os países em que está espalhada. No Brasil, também tem direitos de exclusividade com aDC Comics e publica desde o início de 2007 os títulos da Turma da Mônica, personagens criados por Mauricio de Sousa. Publica também mangás e outros materiais de editoras americanas e europeias.

Fonte>>> HQManiacs

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Quadrinhos Fantasmagóricos!


Preview da primeira edição de "Os Caça Fantasmas"

A IDW Publishing revelou um preview da edição de estreia da nova revista mensal dos Caça-Fantasmas.

Ghostbusters tem roteiro de Erik Burnham e arte de Dan Schoenin.
Clique aqui para conferir várias capas e as primeiras páginas do #1.
A história mostra que atividades paranormais estão em alta e os negócios para os caçadores de fantasmas também. No entanto,Ray é atormentado por pesadelos que podem sugerir acontecimentos apocalípticos.

Os Caça-Fantasmas é um filme de 1984, lançado pela Columbia Pictures e dirigido por Ivan Reitman. O filme ganhou uma continuação em 1989, tendo dado origem também a duas séries de desenhos animados, quadrinhos, entre outros produtos.

Nos filmes, Bill Murray, Dan Aykroyd, Harold Ramis e Ernie Hudson formam uma equipe de caçadores de fantasmas de aluguel, protegendo a cidade de Manhattan de fantasmas e assombrações.

Fonte>> HQManiacs.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

A volta de John Constantine


Panini relança primeiras edições Hell Blazer

Como um dos poucos magos que compreendem tanto as possibilidades quanto os riscos de sua arte, o nativo de Liverpool John Constantine conseguiu não se deixar perder nas artes negras, mas não foi capaz de evitar completamente suas garras sedutoras.

Infelizmente, enquanto John sabe o verdadeiro preço da magia, o mundo está cheio de amadores dispostos a entregar suas almas por um pouco de poder mágico. E, para o bem ou para o mal, todo o conhecimento arduamente adquirido ao longo dos anos garante que John esteja no meio de qualquer confusão que possa surgir.

Nascido nas páginas do Monstro do Pântano de Alan Moore, John Constantine começou sua carreira solo nas mãos de Jamie Delano (roteiro) e John Ridgway (arte).

Em Hellblazer - Origens - Volume 1 - Pecados Originais (formato 17 x 26 cm, 176 páginas, R$ 19,90), a Panini Comics reapresenta aos leitores as primeiras histórias de Constantine.

Este volume reúne as edições #1 a #5 da série John Constantine - Hellblazer, com informações extras sobre o personagem.


Cancelamento do mangá Bleach.


Será que isso pode realmente acontecer?!

Bleach é o grande sucesso do mangaká Noriaki “Tite” Kubo que é publicado na famosa revista Weekly Shonen Jump e conseguiu conquistar fãs do mundo inteiro (aqui no Brasil ele é publicado pela editora Panini) e tem atualmente uma animação, jogos, uma série de outros produtos licenciados e até a chance de ter um filme em live-action. Na história Kurosaki Ichigotorna-se emergencialmente um Shinigami (Deus da morte) para salvar sua família de umHollow (Espirito atormentado). Após uma transferência de poderes com a shinigami Kuchiki Rukia, Ichigo assume temporáriamente o cargo de Shinigami sem mal saber no grande problema que estava arrumando. Bleach é uma mangá que se destaca principalmente pela qualidade dos desenhos do mangaká que cria belas lutas e conseguiu juntar um time inicial de personagem com carisma razoável. Infelizmente o roteiro do mangaká andou perdido já a um bom tempo e suas histórias andam se resumindo a lutas infindáveis com personagens queridos pelos leitores para tentar segurar a série.

Para provar que as coisas não andam bem com o mangá vale perder um tempo para explicar que na revista Weekly Shonen Jump existe a importante presença do Table of Content (ou como é abreviado na internet ToC), a tabela de conteúdo que apresenta a ordem dos mangás que estão disponíveis na revista e que tem influencia direta na escolha dos leitores que enviam por correio a cada semana a sua seleção de mangas preferidos. Quem é mais popular abre a revista e os menos populares ficam no final. Salvo algumas exceções os outros títulos sofrem o peso e influencia direta dessa tabela que é reflexo de certa forma da boa ou má fase do mangá. O ToC a cada revista tende a ser motivo de discussão em fóruns e outros locais da internet aonde os aficionados por determinada publicação podem acompanhar de perto se sua história predileta está mal e pode até ser cancelada. Com o manga Bleach a popularidade a cada edição da revista anda caindo tanto que o mangá está atrás na maioria das vezes apenas de títulos novos que estão prestes a serem cancelados. É só conferir a ordem do ultimo ToC divulgado:

  • Toriko
  • One Piece
  • Sket Dance
  • Naruto
  • Gintama
  • Reborn!
  • Kagami no Kuni no Harisugawa
  • ST&RS
  • WOLF&RED
  • Kochikame
  • Beelzebub
  • Bakuman
  • Hunter x Hunter
  • Inumaru Dashi
  • Kuroko no Basket
  • Medaka Box
  • Nurarihyon no Mago
  • Bleach
  • Magico
  • Enigma
  • Hanasaka Ikkyuu


    Reparem que só existem 3 mangás abaixo de Bleach sendo que o ultimo Hanasaka Ikkyuu foi cancelado nesta edição o que deixa Bleach bem abaixo no quesito popularidade com relação aos outros hits da editora.

    Bleach Volume 1 250x351 Mangá Bleach próximo de um cancelamento?

    Primeiro Volume de Bleach

    Bleach é um dos mangás que por muito tempo teve seu lugar no topo da tabela da revista Shonen Jump e é a força dessa marca que anda segurando o mangá. Porém por quanto tempo isso vai acontecer? Fica o aviso para os fãs de Bleach, fiquem atentos por que se o autor não conseguir melhorar seu desempenho vai ficar difícil para o mangá se manter. Lembrando que se a popularidade de suas histórias anda caindo no Japão isso afeta todas as outras mídias aonde Bleach faz presença, mesmo que em algumas isso demore um pouco mais para ser sentido.

    O autor recentemente no mangá outra vez apelou retornando com personagens populares da série, porém pelo andar da carruagem, a menos que o autor consiga se superar as coisas não andam boas para Bleach. Por quanto tempo o autor vai conseguir segurar boas posições apelando para seus personagens coringas? O jeito é aguardar e ver o que o autor vai fazer, será que teremos um final digno para o mangá ou então uma boa virada de historia para Bleach? Os fãs com certeza estão torcendo por isso.

    Fonte do artigo>>> Ambrosia