sexta-feira, 15 de julho de 2011

Resident Evil em quadrinhos pela Panini


Já está nas bancas Resident Evil, edição especial encadernada que publica as HQs baseadas na franquia homônima de grande sucesso dos games. Lançada originalmente pelo selo Wildstorm da DC Comics, a edição publica os seis números da minissérie. O álbum tem roteiro do veterano da indústria de games Rick Sanchez, com arte de Kevin Sharpe e do artista gaúcho Jheremy Raapack.

O mundo mudou. As guerras agora são travadas não somente com bombas e soldados, mas com terríveis bioarmas produzidas a partir de cobaias humanas - verdadeiros zumbis de destruição em massa. Para a sorte da humanidade, existem algumas poucas pessoas treinadas para lidar com situações extremas envolvendo essas bioarmas. Pessoas como os agentes Mina Gere e Holiday Sugarman, que agora se veem em meio à densa selva entre duas repúblicas sulamericanas, envolvidos em uma conspiração que pode mudar os rumos do planeta inteiro. Mais uma vez.

Resident Evil tem 148 páginas, formato americano, custa R$ 14,90 e a distribuição é setorizada.

Resident Evil é um jogo criado por Shinji Mikami e desenvolvido pela Capcom, lançado originalmente para o PlayStation em 1996. O jogo e suas continuações venderam mais de 33 milhões de unidades pelo mundo inteiro. O sucesso deu origem a uma infinidade de produtos relacionados, como HQs, livros, bonecos, três filmes para o cinema (protagonizados por Milla Jovovich) e um longa-metragem animado. Na trama, experimentos transformam pessoas em criaturas semelhantes a zumbis, além de criar outras monstruosidades.

A Panini Comics é uma editora italiana com filial no Brasil. Tem contrato internacional de exclusividade com a Marvel Comics, podendo publicar seus títulos em todos os países em que está espalhada. No Brasil, também tem direitos de exclusividade com a DC Comics e publica desde o início de 2007 os títulos da Turma da Mônica, personagens criados por Mauricio de Sousa. Publica também mangás e outros materiais de editoras americanas e europeias.

0 Pitacos gêniais:

Postar um comentário